quinta-feira, 16 de março de 2017

Carta para uma mãe cansada - na prática

Terça-feira, eu publiquei um texto que gosto muito e que resume a realidade de todas as mães. A partir daí, recebi emails e mensagens me pedindo pra exemplificar como conseguir essa tão desejada recarga de bateria. Vou colocar alguns exemplos e, no final, como faço aqui em casa, ok?

A "recarga" do texto pode ser algo muito rápido, de minutos, ou algo maior, como uma tarde sozinha no shopping enquanto a criança está na escola....não importa. O fundamental é ter tempo pra si mesma. Olhem só:

Com o recém-nascido:
- deitar no sofá ou na cama e fazer nada enquanto o pai dá banho ou troca a fralda.
- aproveitar a soneca do bebê pra tomar uma xícara de café ou chá quietinha, vendo TV, lendo ou se atualizando nas redes sociais.
- deixar alguém de confiança com o bebê e tomar um banho que dure mais do que 2 minutos.
- sair para caminhar (mesmo com o bebê no carrinho - ele vai acabar dormindo e você terá um tempo pra si mesma).
- ir ao mercado sozinha (deixe o bebê com o pai depois da mamada e vá)
Como foi comigo: como vocês sabem, quando o lindão era bebê, morávamos a mais de mil km da família, então, deixar ele com alguém era impossível...então, quem me salvava era o maridão mesmo. Usei muito a tática de deixar os dois em casa pra ir sozinha ao mercado. Também aproveitava pra relaxar olhando o teto enquanto ele dava banho ou brincava com o pequeno. Passeava muito com o lindão no carrinho....ele dormia, eu colocava os fones, ouvia minhas músicas preferidas e caminhava. Como a fase do recém-nascido é punk, não conseguia essa recarga sempre que precisava.

Com a criança que ainda não foi pra escolinha:
As mamadas acabaram, a criança não passará fome sem a mãe por perto....essa é a melhor época pra se conseguir um tempinho pra si mesma. Deixe a criança com alguém e...
- vá ao salão de beleza fazer as unhas ou mudar o cabelo.
- chame uma amiga pra ir com você ao shopping ou a um café e jogar conversa fora.
- sente-se em um café, leia, tome um capuccino e coma um pedaço de bolo sem pressa.
- faça uma atividade física por pelo menos 30 minutos...algo que você realmente ame fazer.
- saia com o maridão pra namorar.
Como foi comigo: fiz tudo o que citei acima....rsrsrs.....foi depois da introdução alimentar que realmente consegui ter mais tempo pra mim. Sem aquela neura da amamentação ser a única fonte alimentar do pequeno, conseguia deixar o lindão com o papai ou com avós (quando eles iam nos visitar, abusávamos deles....kkkkkkkkk).

Criança na escolinha:
A partir dessa fase, as coisas começam a se ajeitar mais frequentemente, a rotina já está bem estabelecida e você terá um período só pra si mesma, da forma como achar melhor.
Como é comigo: atualmente, consigo tempo pra mim assim:
- acordo mais cedo pra poder tomar café da manhã tranquila com o maridão.
- faço HIIT (30 minutos de exercícios intensos)e tomo banho antes do lindão acordar.
- enquanto ele está na escola, vario muito, pois é nesse período que aproveito também para trabalhar, escrever, faxinar,.....mas quando sinto que preciso de bateria renovada, escolho um dia e saio sozinha, vou ao salão, assisto minhas séries preferidas ou chamo as amigas pra bater papo.

Ah!! E suuuper rola a recarga de baterias com o maridão: depois que o lindão dorme, assistimos TV, tomamos uma taça de vinho, conversamos. E sempre que dá, o pequeno fica com os avós e damos uma saidinha, só nos dois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário